Notícias

175 visitas
24/11/2020 18:13:38

Confirme Online: Após um mês de convênio pela Aojustra, associados avaliam utilização da ferramenta no cumprimento dos mandados
Parceria com a Credilink foi firmada no mês de outubro após a aprovação dos Oficiais de Justiça em assembleia.

A Aojustra firmou, no mês de outubro, parceria com a Credilink para que os Oficiais de Justiça associados tenham acesso à ferramenta Confirme Online.

O objetivo é facilitar o cumprimento remoto dos mandados, diante da pandemia do novo coronavírus, e fazer com que os filiados tenham mais uma opção para a busca e localização de dados pessoais e empresas, com resultados instantâneos oriundos de uma base de dados de proteção ao crédito.

“A ferramenta permite a realização de consultas customizadas, tanto para pessoas físicas ou jurídicas, com a confirmação das situações de cada uma delas, incluindo informações sobre possíveis óbitos”, explica o diretor Olizeo Tissi.

Segundo levantamento promovido pela Credilink, entre 8 de outubro e 20 de novembro, 154 associados da Aojustra foram cadastrados para a utilização da ferramenta, em mais de 13 mil consultas realizadas para o cumprimento dos mandados.

A associada Laura Cristina Calmon Nogueira da Gama integra o grupo de Assistência Familiar devido ao isolamento social e permanece na efetivação das diligências eletrônicas, com êxito em cerca de 30% dos mandados. De acordo com ela, a ferramenta Confirme Online possui fácil utilização, com a possibilidade de consultas rápidas e muitas informações. “A partir daí, checo os dados. Recomendo o uso sempre como complemento aos convênios disponíveis”, afirma.

A adesão ao convênio permanece disponível e pode ser solicitada através do e-mail aojustra@outlook.com.

“Nosso objetivo é sempre garantir as melhores condições para que o Oficial de Justiça se mantenha seguro quanto à infecção da Covid-19 e mantenha a efetividade na execução. Por isso, os colegas que ainda não aderiram podem solicitar a inclusão para terem mais uma alternativa para as pesquisas”, finaliza Olizeo.

Da assessoria de imprensa, Caroline P. Colombo